Porque minha maquiagem não dura???

Oi gente!!! Tudo bem?

Quando comecei a me maquiar, foi a primeira pergunta que eu fiz: Porque minha maquiagem não dura? Então fui buscar informações em sites e blogs e todos falaram a mesma coisa: CUIDAR DA PELE!

Pensei que poderia ser por causa dos produtos, afinal eu comecei comprando produtos nacionais e não tão caros. Mas não são deles a culpa.

Adotei uma rotina de cuidados diários com a pele do rosto com produtos Mary Kay e passei a ir na esteticista fazer um tratamento para manchas, pois tenho muito melasma (manchas causadas pelo sol). No começo bate aquela preguiça monstra de limpar, proteger e hidratar o rosto duas vezes por dia, todos os dias… Mas no pain, no gain! E não é que virou costume?

Com o cuidado diário da pele o PH fica controlado e a pele fica hidratada. Mas pele oleosa precisa hidratar?? SIM!!! Hidratação não tem nada a ver com óleo, e sim com água, e outras coisitas más. Pele bem hidratada e com o PH controlado não peoduz oleosidade em excesso e faz uma diferença gigante na make. E o uso do protetor solar ajuda a não aparecer mais manchas e a não escurecer as que já existem.

Mas é claro que você tem que usar os produtos específicos pro seu tipo de pele, senão não vai adiantar de nadica. A mesma regra vale para os produtos de maquiagem. Pele normal à seca se dão bem com produtos mais hidratantes. Já a pele mista ou oleosa se dão bem com produtos livres de óleo e matte. Não que uma pele normal não posso usar um produto livre de óleo. Mas usando o produto certo, a chance de ter uma make mais bonita e duradoura é muito maior. E pode acontecer do produto não se adaptar à sua pele. Eu sei, é muita coisinha que  dá até desânimo, né? Mas não desanima não, mulher! No final dá tudo certo!

Depois da pele limpa, tonificada, protegida e hidratada é hora do primer! Pode não parecer, mas esse produto ajuda muito na fixação da make. Percebi que pra mim, que tenho pele mista, os primers siliconados (aqueles transparentes) não deixam minha pele tããããããooo lisinha quanto os mais cremosos (aqueles branquinhos). As funções são: deixar e pele aveludada, corrigir pequenas imperfeições (como fechar poros) e ajudar a controlar o ressecamento e a oleosidade. E ele executa muito bem as funções que lhe são designadas….rsrsrsrs.

Mas tem sempre aquele produto super caro, que você viu N’s resenhas e quebrou o cofrinho pra comprar…e na hora de usar, decepção! E agora?

Bom, tem três soluções: 1 – Dar pra alguém. 2 – Tentar vender por um preço mais em conta. 3 – Misturar com um produto que dá certo pra você e usar até acabar. Confesso que eu fico com a sugestão 3, porque din din não nasce em árvore, né? E dá certo viu? Misturando com um produto que se adequa à sua pele, você nem lembra que está usando um produto “ruim”.

É muito importante que vocês conheçam a própria pele, pois só assim a escolha dos produtos vai ser cada vez mais refinada e certa. E não tem outro jeito, tem que testar. Ir na loja, passar o produtos e ver como ele se comporta no seu rosto durante um certo tempo.

Espero que tenham gostado deste post! E não esqueçam de comentar sua experiência com produtos de pele!

Bjo bjo!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *